Top Social

Image Slider

Solidariedade

29.2.12
TELEPATINHAS| E se ao comprar um saco de ração, 1 euro revertesse para ajudar uma associação que cuida dos nossos amigos de quatro patas? Já pensou que se muitas pessoas contribuírem com um euro, as associações terão mais "euros" para poderem proporcionar coisas boas aos nossos amigos.

Ao comprar, também está a ajudar. 

Pode optar por ajudar duas associações: a Animais de Rua e a Associação Animais de Santo Tirso . Aproveite para visitar as páginas destas associações e ver as benfeitorias que lhes têm sido possíveis fazer, e as que seriam possíveis concretizar com a sua ajuda.
Ajude a tornar a vida destes animais um pouco melhor. 


Lucas

28.2.12

O menino que não ladrava até então, passou a ladrar só para receber mimos.

Golden Collar Awards

27.2.12
Ontem o foco esteve nos Óscares, toda a pompa e circunstancia desfilou na passadeira vermelha do Kodak Theatre. Sem dúvida que nós os três (R, Lucas e eu) estivemos bem atentos à cerimónia dos óscares. Foi algo que sempre fiz e que não me parece que darei por terminado este bom hábito.

Mas, não falarei acerca dos Óscares, deixarei isso para quem realmente tem apreço por escrever acerca desse evento, que tanta tinta fará correr na imprensa.
O tema de hoje resume-se a "Golden Collar Awards". A primeira cerimónia destinada a distinguir os cães que fazem tv e cinema. Realizou-se pela primeira vez no dia 14 de Fevereiro, no Hyatt Regency Century Plaza Hotel, em Los Angeles.Apesar de não ter sido transmitido pela televisão, passou em directo no THR ( The Hollywood Reporter). A organização crê que a próxima cerimónia possa ser acompanhada na televisão.


Vencedores
Best Dog In a Theatrical Film
2012 Golden Collar Winner - Uggie In "The Artist"
*
Best Dog in a Foreign Film
2012 Golden Collar Winner - Koko in "Red Dog"
*
Best Dog in a Television Series
2012 Golden Collar Winner - Brigitte in "Modern Family" 
*
Best Dog in a Reality Series 
2012 Golden Collar Winner(s) Giggy - RHBH & Hercules - Pit Boss 
*
Best Dog in a Direct-to-DVD Film
2012 Golden Collar Winner - Rowdy - "Marley & Me The Puppy Years"

Deixo um cheirinho do que foi a cerimónia.

Hachiko: a dog's story

26.2.12
CINEMA | Ao ver o filme sabia desde o inicio qual o seu fim, dado conhecer a verdadeira história de Hachiko. Porém, em nada me desiludiu. A panóplia de sentimentos afloraram à superfície da pele, foi uma mescla de risos e lágrimas que me escaparam por entre a face. A beleza da lealdade é bem patente tanto no filme como na que se escuta nas bocas populares.

A verdadeira história: Após a morte do professor Eisaburo Ueno, conta a história que seus parentes e amigos passaram a tomar conta de Hachiko. O vínculo era tão forte entre Hachiko e o dono, que nos dia seguinte à morte o cão voltou á estação como sempre o fizera. Voltava todos os dias, todas as noites à mesma hora, com esperança de que o pudesse encontrar na Estação de Shibuya.
É sabido que após a sua morte os seus ossos foram colocados num canto da sepultura do seu dono. no local que Hachiko esperava o seu dono, foi erigida uma estátua em sua homenagem. Hachiko pode ser visto no Museu Nacional de Ciências, em Ueno.
Todos  os anos no dia 8 de Abril é realizada uma cerimónia solene na estação em homenagem a Hachiko.
Assim, Akita tornou-se património cultural do Japão e se por razões financeiras, um japonês não conseguir mais cuidar do seu Akita, o governo japonês assume a sua guarda.

25.2.12
ENTREVISTA | Há uns meses tive contacto pela primeira vez com o Reiki, uma amiga falou-me dos seus benefícios, perguntou-me, inclusivé, se eu já tinha experimentado levar o Lucas a uma sessão. Faço apenas um parênteses para explicar o que o Lucas estava a passar. Ficou doente e ninguém sabia a real causa. Ora era uma gastroenterite, ora era uma inflamação no fígado, ora era outra coisa que ainda não se sabia bem o quê, mas que tinha de ser tratada. Tomava medicamentos que lhe faziam efeito, mas quando terminava o período de toma voltava ao mesmo. O certo é que segui a medicina convencional e até hoje o Luquinhas está óptimo. Passado este episódio, a curiosidade acerca da eficácia do reiki ficou e como não sou de ficar na dúvida resolvi perguntar a quem realmente sabe. Após o convite, o Sérgio Silveira, da Anastácia Centro Terapias alternativas, gentilmente se prontificou a colaborar com uma entrevista.
O Mundo do Lucas: Pedia-lhe que descrevesse um pouco acerca de si.
Sérgio Silveira: Chamo-me Sérgio Silveira e sou Mestre de Reiki, desde 2003 que dedico à sua divulgação e ensino. Além de ministrar cursos de formação, tenho actuado na organização do Reiki Essencial em Portugal através da clarificação e formação de mestres de Reiki capazes de ensinarem correctamente está técnica milenar, tendo tido sucesso nos últimos anos. Sou um dos fundadores da Anastácia Centro de Terapias Alternativas na cidade da Maia, e ainda o presidente da APRE – Associação Portuguesa de Reiki Essencial, a primeira associação deste género criada em Portugal, que defende unicamente a linhagem da sua mentora Diane Stein. Em Portugal, tenho colaborado na classificação e estruturação do Reiki juntamente com diversas organizações, de forma a ser aceite como uma técnica de cura complementar válida.

OML: Por favor, ajude-nos a entender o que é mesmo o Reiki.
SS: Não é fácil definir o que é Reiki. Qualquer pessoa que o tente definir decerto hesitará numa resposta pronta e objectiva. O Reiki vai muito para além daquilo que podemos compreender dele e todas as definições correm o risco de se tornarem redutoras dada a grandiosidade deste sistema. De uma forma simples, poderia defini-lo como um método de cura natural, que funciona através da imposição das mãos, onde um profissional de Reiki aplica a Energia Vital Universal a um receptor, proporcionando-lhe um equilíbrio energético a todos os níveis (físico, emocional, mental e espiritual). Muitas definições e tentativas de racionalização do que é a energia do Reiki foram já tentadas, no entanto, a melhor resposta e a melhor definição é aquela que é dada pelo corpo humano ao receber essa Energia: “uma sensação indescritível” e, por isso mesmo, não tem palavras.

Da palavra Japonesa REI = Universal e KI = Energia Vital é a terapia energética da activação e da aplicação da Energia Vital Universal, para promover o equilíbrio energético, prevenção das disfunções e para proporcionar maior qualidade de vida. Um termo exclusivo aos que se iniciaram segundo os preceitos estabelecidos por Mikao Usui e os seus discípulos. A palavra Reiki (pronúncia ray-key) é uma prática espiritual desenvolvida pelo budista japonês Mikao Usui. O ensino foi continuado e adaptado por vários professores. Esta técnica usa as palmas das mãos como processo de cura. Através da utilização desta técnica, os Reikianos conseguem a transferência de energia de cura na forma de KI através as palmas das mãos. É classificada como um terapia complementar, e é por vezes classificada como medicina oriental por alguns organismos profissionais. Existem dois principais ramos do Reiki, referidos como Reiki Tradicional Japonês e Reiki Ocidental. Dentro de ambas as formas tradicionais e ocidentalizada de Reiki, há três graus de ensino.

O Reiki é um método simples, natural e seguro de cura espiritual e auto-aperfeiçoamento que todos podem usar. Tem sido eficaz para ajudar praticamente todas as doenças conhecidas, e também trabalha em conjunto com todas as outras técnicas médicas ou terapêuticas convencionais para aliviar os efeitos colaterais e promover a recuperação. Uma técnica simples de aprender, e a capacidade de usar o Reiki não é ensinado no sentido usual, mas é transferido para o aluno durante uma iniciação de Reiki. Essa habilidade é passada durante uma iniciação presencial dada por um Mestre de Reiki, e permite que o aluno se ligue a uma energia vital continua para melhorar a saúde e melhorar a qualidade de vida. O seu uso não depende da nossa capacidade intelectual ou desenvolvimento espiritual e, portanto, está disponível para todos. O Reiki é de natureza espiritual, e não é uma religião. Não tem nenhum dogma, na verdade o Reiki não depende da crença individual ou colectiva e funciona independente das crenças. Entrar no mundo do Reiki, é começar a viver numa aventura apaixonante de constantes descobertas interiores, sensações, sentimentos, é iluminar o amor e compaixão que reside no coração dos seres humanos e compreender que somos todos UM.

Até aos tempos actuais concluiu-se pelas organizações médicas que "as provas são insuficientes para sugerir que o Reiki é um tratamento eficaz para qualquer condição. Portanto, o valor do Reiki permanece não comprovado."

OML:Como é que você conheceu o Reiki?
SS: Conheci o Reiki em 2002 pela Mestre de Reiki Sandra na Maia. Fiz uma primeira sessão de cura e senti-me tão bem que decidi perceber mais como funcionava e que tipo de energia era utilizada. Foi assim que acabei por descobrir o Reiki na minha vida.

OML:Como surgiu o Reiki?
SS: Surgiu simplesmente pela curiosidade em saber o que era e como funcionava. Nessa altura andava à procura de uma terapia que tivesse uma mistura de meditação e de cura, e o Reiki foi o que mais me despertou.

OML: Quais são os princípios ligados ao Reiki?
SS: OS 5 PRINCÍPIOS DO REIKI, são os aspectos mais importantes da prática do Reiki no Japão e são ainda vistos, hoje em dia, como a peça principal do Reiki na tradição Japonesa. Estes princípios são dados aos alunos juntamente com a formação de forma a curar o aspecto mental, e espiritual antes do corpo poder ser curado com sucesso. Na cultura Japonesa era e ainda é comum ter uma base ética para uma tradição espiritual. Nas artes marciais e outras artes tradicionais do Japão são dados ao aluno tópicos, para que ele possa levar uma vida de felicidade. E era isto que o Sensei Usui pensava do Reiki. Ele chamava-lhe “A arte secreta de convidar a felicidade – o medicamento espiritual para todas as doenças” (do corpo, mente e espírito).
  • “Kyo dake wa” a tradução da primeira frase significa “só por hoje” ou “só hoje”;
  • “Ikaru na” significa não te zangues;
  • “Shinpai suna” significa não te preocupares;
  • “Kansha shite” significa sê grato;
  • “Goo o hage me” significa trabalha muito ou faz os teus deveres;
“Hito ni shinsetsu ni” nas palavras do Sensei Usui: “Quando encontrares a felicidade (vivendo os Princípios do Reiki), a tua mente torna-se como Buddha e com este espírito, tocas o espírito do outro, transformando-o. No Reiki Essencial passado pela Mestre Diane Stein os princípios do Reiki traduzidos por ela, são na sua base transmitidos da seguinte forma:
  • Só por hoje, eu não me aborreço;
  • Só por hoje, eu não me preocupo;
  • Só por hoje, eu agradeço pelas minhas várias benções;
  • Só por hoje, eu trabalharei honestamente;
  • Só por hoje, eu serei bondoso para com o meu próximo, e para com todos os seres vivos.
OML: Como podemos garantir que uma pessoa é realmente credenciada para fazer Reiki?
SS: Para termos uma garantia é importante saber que a pessoa tenha recebido uma iniciação presencial por um Mestre de Reiki qualificado para tal. Alcançou por mérito o grau 3 (Shinpiden), e pode realizar iniciações aos outros. Segundo a tradição japonesa, uma pessoa que tenha os conhecimentos do Shinpiden, é um instrutor ou professor (Sensei) de Reiki que sabe fazer os processos de iniciação em Reiki, não tendo qualquer conotação de hierarquia ou de poder sobre quem inicia e ensina. Um Mestre de Reiki faz do Reiki uma prática diária, segue a cada momento os princípios do Reiki. Um Mestre de Reiki não se sente mais elevado ou superior perante os seus alunos ou outras pessoas, mas imensamente grato por poder partilhar a energia do Reiki na Terra e poder contribuir para que, mais pessoas descubram o seu caminho para a iluminação (Satori) através do Reiki tal como ele o fez. Actua junto dos seus pacientes utilizando o REIKI, e nalguns casos sem a obrigatoriedade do contacto físico directo, e em determinadas situações nem sequer é necessária a presença do mesmo.

O Mestre de Reiki não faz diagnósticos, nem age directamente em doenças específicas, mas integra-se no processo de recuperação da saúde do paciente, tornando mais ágil e efectivo esse processo. Da mesma forma, para o REIKI é desnecessária qualquer anamnese (é uma entrevista realizada pelo profissional de saúde ao seu paciente, que tem a intenção de ser um ponto inicial no diagnóstico de uma doença) prévia do quadro do paciente, pois a sua forma de aplicação é independente dessa informação. Este profissional faz uso terapêutico da Energia Vital Universal com a proposta de harmonização e ampliação da qualidade de vida, além disso acalma a mente, evolui o espírito, melhorando a vida do ser humano. Quem a recebe, percebe modificações profundas em todo o seu organismo, que passa a funcionar com muito mais vigor, saúde e equilíbrio.

O Mestre de Reiki interage com o paciente aconselhamento a mudanças em determinadas áreas, sendo as mais comuns: comportamento, elaboração da realidade e das preocupações, necessidade de ter uma capacidade de ser bem-sucedido nas situações da vida, além de conhecimento e habilidade para tomada de decisões pessoais. Todos estes elementos têm de estar de acordo com a qualificação técnica estabelecida na APRE e refere-se com o código APRE-CEMRE-0410-Código de Ética para Mestres de Reiki Essencial.

OML: O reiki divide-se em níveis, quantos são e por que é dividido?
SS:
Graus ou níveis de Reiki, foi o legado de Mikao Usui que nos deixou de forma a ensinar o Reiki de forma faseada aos alunos. Os três graus de Reiki que devem ser mantidos intactos na sua essência, permite em cada nível que seja activado determinada energia, e consequentemente uma fase de adaptação a essa energia. Entretanto, devido às influências das correntes ocidentais e acréscimos inseridos no sistema original de Mikao Usui, algumas técnicas foram retiradas, outras inseridas e os níveis sofreram alterações em conteúdo e em número de estágios. Mas pelo método original do Reiki, os três níveis dividem-se da seguinte forma: Shoden (são os primeiros ensinamentos, focados principalmente no corpo físico, nos princípios do Reiki e na auto-cura. Corresponde ao grau de iniciado). Okuden (ensinamentos mais profundos, com foco nas estruturas mentais, emocionais e espirituais, pois quando essas estruturas estão em desarmonia, impedem o ser humano de realizar o seu potencial criativo. Níveis mais avançados de aprofundamento. Conhecimento para a mestria interior do ser. Corresponde a Terapeuta de Reiki). Shinpiden (ensinamentos mais focados no campo espiritual. Conhecimento para a mestria do Reiki e as iniciações. Corresponde ao grau de Mestre de Reiki).

Algumas escolas de Reiki afirmam que ministram o “ensinamento original” e desprezam todos os outros. A verdade é que não existe um ensinamento original. O Reiki está vivo e, portanto, está sempre em mutação, sempre fluindo e se expandindo. O Reiki e o dogmatismo não se misturam.

OML: É possível enviar Reiki à distância?
SS:
O reiki pode ser enviado à distância para determinados casos, e pode resolver imensos problemas sem o contacto físico entre o transmissor e o receptor. É uma prática comum nos graus 2 (Okuden).

OML: O que sente quem aplica o reiki?
SS: Quem aplica a cura, sente sempre sensações diferentes em cada sessão, desde o calor forte nas suas mãos ou dores nas articulações devido a uma passagem do Ki mais elevada. Normalmente, fica um pouco sem energias no final.

OML: E o que sente quem recebe?
SS: Uma sensação única e indescritível que pode ser desde sentir calores, frio, flutuar ou uma sensação de conforto que leva a adormecer e a sentir renascer. Pode também aparecer sensações como choro e o riso compulsivo, que leva a libertar tensões e problemas acumulados no passado.

OML: Em quem pode ser aplicado?
SS: Em todas as pessoas que desejam uma qualidade de vida melhor, e liberta dores físicas, dores de cabeça e sensações de mal-estar. Desde crianças, adultos, idosos, animais e nas plantas podem ser aplicado o Reiki sem problemas.

OML: O efeito do Reiki é mesmo em crianças, mulheres, homens, animais?
SS:
A aplicação do Reiki varia consideravelmente em cada caso. Nas crianças eleva sempre as suas energias e a aplicação é bastante rápida devido ao tamanho dos seus chakras. Nas mulheres e homens a aplicação é mais demorada e funciona num todo (emocional, físico e espiritual). Nos animais é normalmente mais rápido que nos humanos, e tranquiliza os animais.

OML: Sendo este um blog ligado aos animais, e após alguma pesquisa verifiquei que existem casos de animais que recuperaram rapidamente após terem tido aplicação de Reiki, como explica isso, já que há quem refute que em nada se deva ao Reiki e sim a um milagre?
SS:
Quando não existe uma explicação lógica para essa recuperação atribui-se a um milagre, mas sendo conhecedor destas técnicas de aplicação nos animais, o Reiki funciona e activa cada células, músculos, sangue elevando os nossos processos internos de cura, e por isso a uma maior rapidez e recuperação nos animais. Sendo o Reiki uma energia de cura, nada tem a ver com religiões e milagres, mas sim com um trabalho intenso e concentrado de um praticante de Reiki.

OML: Existe algum projecto em vigor que englobe o Reiki e os animais?
SS:
Chama-se Reiki Doubutsu e aplica-se aos animais, e é aplicado por Terapeutas de Reiki experientes e com alguns anos de trabalho.

OML: Sente que a sociedade, aceita o Reiki como uma terapia?
SS:
Sim. A sociedade tem visto muitos benefícios nesta terapia e começa a procurar cada vez mais todas as vantagens inerentes desta terapêutica.

OML: Qual o futuro do Reiki em Portugal?
SS:
O Reiki passa actualmente por uma reestruturação e organização interna, tanto no nível da cura e do ensino e as associações serão responsáveis por essa classificação e organização do Reiki. Em relação ao futuro o Reiki apresenta-se como uma terapia oriental, no entanto também complementar as restantes e prevê-se um crescimento tanto de praticantes como Mestres qualificados e experientes. Sabemos que a APRE associação Portuguesa de Reiki Essencial tem tido o papel na divulgação, orientação e classificação do Reiki em Portugal, e será no futuro próximo uma terapia qualificada e reconhecida nacionalmente.

OML: Qual foi o caso mais grave, em animais, que passou pelas suas mãos?
SS:
O caso mais grave aconteceu com um animal que comeu pregos e pedaços de metal, o que originou diversas perfurações intestinas e noutros órgãos, a após ter sido sujeito a uma cirurgia, o diagnóstico feito pelo médico veterinário é que não haveria salvação devido as rupturas. Depois de ter submetido à cirurgia e voltado para casa para “morrer”, o animal foi aplicado o Reiki diariamente durante duas semanas e após esse tempo recuperou lentamente e por volta da terceira semana voltou a ser o animal de sempre, activo e rebelde.

OML: A medicina convencional pode andar de mãos dadas com o Reiki? Tome-se por exemplo, inserir o Reiki num hospital.
SS: Sim. A sociedade tem aceitado que ambas as medicinas sejam complementares uma a outra, e que teríamos benefícios desta unidade. O reiki nos hospitais tem sido uma realidade em Portugal, e cada vez mais enfermeiros e médicos tem utilizado em pacientes e utentes. Por isso tem havido cada vez mais estudos a nível mundial para perceber como funciona esta terapêutica, e consequentemente mais interessados e adeptos das medicinas orientais. No IPO do Porto, no hospital em Coimbra, no São João e muitos outros locais o Reiki é praticado e experimentado com imenso sucesso.

OML: Resta-nos agradecer a gentileza e prontidão com que respondeu ao nosso pedido. 

Canal de televisão para cães- DogTV

24.2.12
 Depois de um anúncio direccionado para cães, eis-que surge um canal cujo público-alvo são os nossos amigos de quatro patas.